03-09-2010 00:06

Eleição

Eleição tembém é educação fique sabendo sobre tudo aqui:

 

Marina Silva e Dilma Rousseff – Disputa no 2º Turno

 

As pesquisas de intenções de votos indicam liderança da candidata do Partido dos Trabalhadores, Dilma Rousseff, ante seus adversários, sobretudo José Serra, do Partido da Social Democracia Brasileira, e Marina Silva, do Partido Verde. Se as eleições ocorressem no próximo final da semana, a petista sairia vitoriosa já no primeiro turno.

O nome mais provável para um eventual segundo turno, caso a tendência seja levemente alterada até outubro, é o de Serra. Entretanto, a candidata do PV endossou que tal composição deve ser cerceada por ela e por Dilma devido à sociedade brasileira estar disposta em observar uma mulher como presidente.

Rememorando palavras emitidas na semana passada, de acordo com o portal de notícias G1, Marina asseverou que na medida em que a população brasileira se deparar com a realidade e deixar de circundar o mundo de fantasia criado por Dilma e Serra, esse mesmo eleitor começará a observar que a nação precisa de outras maneiras para encarar o futuro.

Apesar de parecer extremamente otimista, Marina sabe que muito trabalho terá de ser feito por ela e seu partido para ultrapassar os números angariados por Serra nas últimas pesquisas eleitorais. A vitória da petista, porém, é praticamente certa, mas pelo fato de o Brasil ter um ambiente político instável, tudo pode acontecer.

José Serra e Dilma Rousseff – Especulações e Críticas

A corrida presidencial deste ano, embora atual e totalmente favorável à candidata do Partido dos Trabalhadores, Dilma Rousseff, não está definida. A oposição tucana, liderada pelo ex-governador de São Paulo, José Serra, tem suscitado prováveis deslealdades por parte do PT no atinente às quebras de sigilos fiscais.

Em algumas passagens de seus variados discursos, Dilma mostra-se contraditória. Recentemente, afirmou ser improvável a participação de José Dirceu em sua gestão porque ele não tem participado das atividades de governo. Em seguida, retificou a ideia ao asseverar que, por enquanto, nada pode ser proposto, pois ainda precisa ser eleita a sucessora do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Aliás, sobre o ex-sindicalista Dilma disse que não contará com seus esforços num eventual governo – embora, nas entrelinhas, ele próprio tenha endossado alguns juízos favoráveis. Para a presidenciável, segundo o Estadão, terá a seu favor sua parceria, amizade e carinho.

Ressabiada com as recentes declarações de Serra sobre estar sentada na cadeira antes da hora, Dilma descartou e contrarretaliou ao assegurar ser essa uma característica do Partido da Social Democracia Brasileira. Para ratificar seu ponto de vista, a petista disse que esse “sentar na cadeira” aconteceu com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, conforme retratação emitida ao portal de notícias G1, quando ele perdeu as eleições à prefeitura de São Paulo, em 1995, para Jânio Quadros.

Lula não fará Pronunciamento de 7 de Setembro

Às vésperas das eleições 2010, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu que não fará o tradicional pronunciamento em rádio e TV no dia 7 de setembro, Dia da Independência do Brasil.

A decisão deveu-se ao fato de que o discurso de Lula teria que ser aprovado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a fim de evitar pronunciamentos políticos que possam interferir na campanha eleitoral.

O presidente é o principal cabo eleitoral da candidata do PT ao Planalto, Dilma Rousseff, e constantemente pede votos para ela.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, somente em 2006, quando Lula era candidato à reeleição, o mandatário abriu mão do discurso de 7 de setembro.

Partidos pedem Cassação de Candidatura de Dilma

 

A coligação “O Brasil pode mais”, do candidato à presidência pelo PSDB, José Serra, entrou com uma ação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) acusando a petista Dilma Rousseff, sua principal adversária nas eleições de outubro, de uso da máquina pública e abuso de poder político.

A coligação acredita na possibilidade de Dilma e seus articuladores de campanha estarem envolvidos nos casos de quebra de sigilo fiscal de cinco pessoas ligadas a Serra, entre elas a filha do tucano, Verônica.

A ação foi aberta na noite de ontem e, com isso, os tucanos poderiam tornar Dilma inelegível.

De acordo com as últimas pesquisas de intenção de voto, a petista está à frente de Serra na corrida eleitoral e com chances de vencer o pleito ainda no primeiro turno.

 

Marina Silva – Segundo Turno entre Mulheres

 

A candidata à presidência da república pelo PV, Marina Silva, esteve nesta segunda-feira, 30 de agosto de 2010, no Fórum Internacional sobre o Futuro do Etanol, realizado em Sertãozinho, São Paulo.

Durante o evento, Marina destacou que os brasileiros querem uma mulher no segundo turno das eleições presidenciais deste ano, e disse então para se colocar duas, onde as mesmas possam debater para que depois de quinhentos anos, o país possa decidir qual mulher quer ter na presidência.

A candidata do PV destacou ainda que o Brasil precisa de estratégias nas áreas da saúde, infraestrutura e educação, salientando também a atenção que deve ser dada à violência ocasionada pelo crack, e colocando que Serra e Dilma são "desenvolvimentistas" e veem um mundo azul e cor-de-rosa, respectivamente.

PT possui Dívidas em Gráficas

 

O crescimento do Brasil é evidente, conforme números veiculados semanalmente tanto pelos veículos de comunicação nacionais como por estrangeiros. Existe uma série de infinidades em resoluções a serem acertadas, como é o caso da infraestrutura e de temas relacionados à saúde, educação, meios de transportes, entre outros. Contudo, acesso mais facilitado da população ao crédito e poder aquisitivo em ascensão causam efeito primordial aos cofres públicos, pois quanto mais gastos existem, maiores são arrecadações.

Entre as empresas, segundo a Serasa Experian, a inadimplência cresceu 8,5% no mês de julho em comparação a agosto. Curiosamente, o mundo da política também fez parte desse prognóstico, embora sem relação alguma com o estudo divulgado pela entidade. Particularmente, o Partido dos Trabalhadores possui dívidas com três gráficas que confeccionam material impresso para a campanha da presidenciável da legenda, a ex-ministra-chefe da Casa Civil Dilma Rousseff.

A Folha de S. Paulo, autora da matéria original, avalia que o valor total pendente do PT chega a R$ 4,4 milhões, somatória acumulada desde a época em que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva concorreu à reeleição (2006). Ricardo Berzoini e José Genoíno, ex-líderes do Partido dos Trabalhadores, e Aloizio Mercadante, candidato ao governo de São Paulo, também fizeram uso dos trabalhos prestados pelas gráficas.

Reportagem emitida pela Band Online afirma que a Folha tentou contatar-se com as gráficas, mas sem qualquer sucesso. Diferentemente, João Vaccari Neto, tesoureiro do PT, afirma que os petistas têm estabelecido negociações para pagar as dívidas em consonância ao orçamento.

Marina Silva – Críticas e Opiniões

As campanhas eleitorais dos principais presidenciáveis são diferentes tanto na abordagem como na forma como são apresentadas, seja por meio de emissoras de rádio como na televisão. Preferida, também, na segunda plataforma sugestionada, a candidata do PT, Dilma Rousseff (ex-ministra da Casa Civil), tem feito valer a alta aprovação do governo de Luiz Inácio Lula da Silva em seu favor, tanto que a maioria de seus eleitores é simpatizante do Partido dos Trabalhadores desde 2006, ocasião a qual o ex-sindicalista foi reeleito.

Marina Silva (PV), que até pouco tempo fazia parte do PT, decidiu, juntamente a Guilherme Leal, vice em sua chapa, ter candidatura própria, algo que tem até a surpreendido, pois para uma iniciante (nesse sentido) angariar aproximadamente 8% da preferência entre os eleitores é esplêndido. Adotando cada vez mais uma postura ofensiva, a senadora afirmou que Dilma e o tucano José Serra idealizaram mundos de ficção, a primeira na cor rosa e o segundo na azul.

Embora existam diferenças de tons, Marina afirmou que ambos os candidatos têm visão desenvolvimentista e perfis gerenciais, quando, na verdade e a seu ver, o país necessita de alguém com concepções estrategistas para as áreas da educação, infraestrutura e saúde. Distante nas pesquisas, de acordo com o Estadão, a pevista acredita que ninguém deve se ater à derrota antes dela ser declarada e nem muito menos à vitória.

Reatando o assunto sobre cores, em partes, a candidata do Partido Verde disse que no momento em que os cidadãos enxergarem a realidade e deixarem de lado o mundo da fantasia (criado por Dilma e Serra, segundo suas ideias), cada um observará que o Brasil necessita de outra posição relacionada ao seu próprio futuro.

Dilma Rousseff – Especulações sobre possíveis Cargos e Ministérios

Líder absoluta nas pesquisas de intenções de votos entre os brasileiros, a candidata do Partido dos Trabalhadores à sucessão presidencial, Dilma Rousseff, tem negado com veemência especulações da oposição de que já esteja discutindo com seus coligados cargos estratégicos e ministérios.

Para Dilma, o atual momento é ideal para fazer propostas, pois qualquer discussão em torno da distribuição de cargos, com a campanha eleitoral em pleno vapor, é pôr o carro na frente dos bois. Em entrevista concedida a jornalistas há poucas horas, a presidenciável afirmou que qualquer debate nesse sentido é somente factoide, tanto que desautoriza – como se tivesse o poder de controlar a oposição e a imprensa – quaisquer considerações.

Aproveitando o ensejo e valendo-se de táticas já costumeiras nas eleições deste ano, Dilma assegurou que caso seja eleita presidente do país, aumentará para 40 milhões o número de cidadãos com acesso à rede mundial de computadores via banda larga – em referência ao Plano Nacional de Banda Larga.

Para a petista, conforme apregoado em artigo do portal de notícias G1, a intenção com o PNBL, que já teve sua lista de 100 cidades anunciadas juntamente a outras 16 regiões previamente estipuladas,  é que o governo promova concorrência.

Candidatos a Presidência recebem Propostas para área de Software e Tecnologia

 

A indústria do software e serviços de tecnologia da informação pretendem aumentar sua participação no PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro. Atualmente essa participação está em 8,3 %. O crescimento esperado é na ordem de 50%.

No entanto, o setor sofre com altos e baixos. No último ano o crescimento foi um dos menores nos últimos 5 anos, fruto da crise mundial que afetou a economia em 2009, claro. Além disso, as principais associações do setor como ABES e Assespro creditam aos encargos sobre a folha de pagamento (36%) como o principal entrave ao crescimento do setor.

Por isso diversas associações do setor de software e tecnologia do país elaboraram um documento à ser entregue aos candidatos à presidência com sugestões para acelerar o crescimento do setor. Entre elas está mudança para o modo como são cobrados os encargos sociais. As empresas querem que eles incidam sobre o faturamento e não sobre a folha de pagamento como acontece hoje.

Dilma Rousseff suspenderá campanha para chegada do neto

 

Está previsto para a primeira quinzena do próximo mês de setembro, o nascimento do primeiro neto da candidata do PT à presidência da república, Dilma Rousseff.

Filho da sua única filha Paula, Gabriel está prestes a vir ao mundo e para a sua chegada a candidata petista suspenderá temporariamente sua campanha eleitoral para acompanhar sua filha, em Porto Alegre. Dilma não quer fazer qualquer exposição pública de seu neto, aliás, a idéia de deixar de lado assuntos familiares em sua campanha foi uma exigência da candidata do PT. A única exceção foi feita ao depoimento de seu ex-marido, Carlos Araújo, que apareceu em seu primeiro programa eleitoral na televisão.

De acordo com os assessores de Dilma, não se sabe ainda por quanto tempo a candidata ficará afastada da campanha eleitoral, o que irá depender da necessidade do momento e do andamento da campanha.

Eleição

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/2/2a/Urna_eletr%C3%B4nica.jpeg/250px-Urna_eletr%C3%B4nica.jpeg

http://bits.wikimedia.org/skins-1.5/common/images/magnify-clip.png

Uma urna eletrônica brasileira. Foto: José Cruz/ABr

Eleição é todo processo pelo qual um grupo designa um de seus integrantes para ocupar um cargo por meio de votação. Na democracia representativa, é o processo que consiste na escolha de determinados indivíduos para exercerem o poder soberano, concedido pelo povo através do voto, devendo estes, assim, exercerem o papel de representantes da nação. A eleição pode se processar com o voto de toda a comunidade ou de apenas uma parcela da comunidade, os chamados eleitores.

Índice

Formas de eleição

O processo eleitoral pode ser basicamente dividido em dois modelos:

Eleição direta

É aquela em que os candidatos a exercer mandatos políticos são eleitos diretamente pelo povo. Este é o modelo utilizado na democracia representativa. Este também e modelo utilizado atualmente no Brasil.

Eleição indireta

É aquela em que os candidatos a exercer mandatos políticos não são eleitos diretamente pelo povo, mas por um colégio eleitoral, composto por delegados escolhidos pelo povo, para que, em nome deste, elejam seus governantes.

No Brasil

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/e/ef/Crystal_Clear_app_xmag.png/17px-Crystal_Clear_app_xmag.pngVer artigo principal: Eleições no Brasil

No Brasil, apenas os nacionais e os brasileiros naturalizados podem participar das eleições que são obrigatórias para os maiores de 18 anos e menores de 70 anos. Podem, facultativamente, exercer o direito de voto os analfabetos, os maiores de 16 anos e menores de 18 anos e os maiores de 70 anos. Podendo ter 2°Turno se a porcentagem for menor de 50,não terá segundo turno se a cidade tiver menos de 200 mil habitantes.

 Ver também

 

Nas eleições para Presidente e vice - presidente da República, Governadores, e Senadores, o sistema de votação é o majoritário, enquanto para Deputados Federais, Distritais,Vereadores e Deputados Estaduais, é o proporcional.

Ligações externas

 

—————

Voltar


Contatos

Exploradores da Leitura

Nomes dos Donos: Rodrigo, Nathaly, Dara, Regiane, Daniele, Karinne.

Projeto de Língua Portuguesa de 2010.

O atual dono é o Rodrigo Vieira Dos Santos.


Devido a segurança não será informado, Endereço e Telefone.


 Para você jovem


Sites de outros grupos:

http://www.dosandrade.xpg.com.br

 (Vinícius)

http://www.thetruth.xpg.com.br 

(Eddy)


Questionário

Qual dessas alternativas mais se reflete ao livro laços de familia de Clarice Lispector?

Um livro narrativo com varias emoções em decorrer de suas historias . (106)
80%

Um livro q situa-se confluência de paradigmas, a cena de realismo, naturalismo e a do romantismo. (26)
20%

Total de votos: 132